Melhor Meditação - O Programa Meditação Transcendental Contate-nos | Onde aprender

Blood pressure Gary P. Kaplan, M.D., Ph.D.

Gary P. Kaplan, médico, Ph.D., é neurologista e professor associado da clínica neurológica da Escola de Medicina da Universidade de Nova York. Também recebeu o Albert H. Douglas Award da Sociedade Médica do Estado de Nova York, EUA por realizações eméritas como professor de clínica interessado em promover e melhorar a educação médica de médicos.

Vernon Barnes, Ph.D.

Vernon Barnes, Ph.D., é pesquisador no Instituto de Prevenção da Geórgia da Faculdade de Medicina da Geórgia em Augusta, EUA, que recebeu recursos de US$1,5 milhões da Associação Americana do Coração, da Associação Nacional do Coração, em Lung e do Instituto do Sangue para estudar os efeitos da técnica da Meditação Transcendental em adolescentes afroamericanos com risco de pressão arterial alta.

Aqui os Drs. Kaplan e Barnes
respondem sobre pressão arterial alta.

P: Há evidências que só o programa de Meditação Transcendental possa sózinha baixar a pressão arterial alta?

Dr. Kaplan: Muitos estudos tanto em adolescentes (American Journal of Hypertension, 2004) quanto em idosos (Hypertension, 1999) demonstraram que a pressão arterial alta é reduzida mesmo após uns poucos meses da prática diária, duas vezes ao dia, da técnica da Meditação Transcendental. A necessidade de medicação anti-hipertensiva é reduzida e algumas vezes eliminada. Qualquer pessoa sob medicação que comece a praticar a técnica da MT deve acompanhar regularmente com seu médico para monitorar este efeito positivo sobre a pressão arterial e a necessidade de continuar com a medicação.
Pesquisa Científica Relacionada

P: Uma vez que o resultado da pressão arterial alta após muito anos é o de endurecer as artérias (aterosclerose), levando a complicações de derrame e ataque do coração, há evidências de que a técnica da Meditação Transcendental possa reduzir a aterosclerose?

Dr. Kaplan: Um estudo revelador publicado no periódico Stroke mostrou que o espessamento da parede da artéria carótida, um sinal alarmante para endurecimento das artérias, é reduzido com a prática regular da técnica da Meditação Transcendental.
Pesquisa Científica Relacionada

P: Porque a hipertensão é um risco tão sério para a saúde?

Dr. Barnes: Ao estudar a população mundial, 26,4% da população tem a expectativa de ter hipertensão até 2025, o que é um aumento previsto de aproximadamente 60% para um total de 1,56 bilhões de pessoas. Portanto, a hipertensão é um importante desafio de saúde pública em todo o mundo, e a prevenção, detecção e tratamento, e controle deste distúrbio é de alta prioridade.

É um conceito atraente que uma intervenção para reduzir a pressão arterial tal como a técnica da Meditação Transcendental, se usada largamente pela população geral, possa ter potencialmente um enorme impacto sobre a saúde pública. Apesar de estudos de longo prazo serem necessários para demonstrar o conceito, a expectativa é que mesmo uma pequena reversão (por ex., uns poucos mm Hg, ou pontos) na distribuição da pressão arterial, se mantida pelo período adulto, poderia reduzir substancialmente o risco de hipertensão e doenças cardiovasculares relacionadas.
Pesquisa Científica Relacionada

P: Quais são as possíveis causas da hipertensão e doença cardíaca?

Dr. Barnes: Fatores tais como idade avançada, predisposição genética, sobrepeso e estilo de vida sedentário – junto com fatores dietéticos como sal e sódio – são comumente atribuídos como causas de pressão arterial alta. Reatividade cardiovascular exagerada ao estresse, por conta de exposição a estressores psicológicos e ambientais tanto crônicos quanto agudos, também tem sido considerada hipoteticamente como participante como um papel importante particular no desenvolvimento da hipertensão. É aí que a prática regular de uma técnica de redução de estresse como a Meditação Transcendental pode ser muito útil.

Aumentos exagerados recorrentes e/ou constantes na resposta da pressão arterial ao estresse estão associados aos aumentos naturalmente acompanhados de tensão nas paredes do coração e dos vasos sanguíneos. Existe a hipótese de que, com o tempo, a prática da Meditação Transcendental leve à adaptação estrutural cardiovascular secundária; isto é, o remodelamento das paredes do músculo do coração e vasos sanguíneos para ajudar a normalizar a tensão nas paredes do coração e dos vasos sanguíneos.

Estes resultados concernem especificamente à técnica da Meditação Transcendental e podem não se aplicar a outras técnicas de meditação, já que nem todas as técnicas funcionam da mesma forma. Como forma de apresentação, a técnica da Meditação Transcendental foi descrita como um procedimento simples e natural praticado por 20 minutos duas vezes ao dia sentando-se confortavelmente com os olhos fechados. A técnica da Meditação Transcendental tem sua origem na antiga abordagem Védica para a saúde. A MT não é uma religião e não requer mudanças nas crenças, estilos de vida ou filosofia pessoais.
Pesquisa Científica Relacionada

P: Como a técnica da Meditação Transcendental baixa a pressão arterial?

Dr. Barnes: O estresse tem sido associado ao desenvolvimento da hipertensão. Isto tem sido documentado por meio de estudos epidemiológicos de pressão arterial; estudos naturalísticos sobre o relacionamento entre pressão arterial, psicologia e eventos da vida diária; e estudos experimentais de respostas cardiovasculares e neuroendócrinas a estímulos comportamentais.

A mente e o corpo são muito intimamente conectados. A experiência subjetiva da técnica da Meditação Transcendental é de relaxamento mental e paz combinados com pleno despertar interior. A resposta da meditação é muito rápida, e muitos efeitos bem definidos foram percebidos após 15 a 30 minutos de prática. O relaxamento mental desencadeia o relaxamento fisiológico; isto é, quando a mente se aquieta, o corpo adquire repouso profundo.
Pesquisa Científica Relacionada

P: Quais são os possíveis mecanismos responsáveis pela redução arterial com a prática da Meditação Transcendental?

Dr. Barnes: Estresse psicossocial e ambiental crônico contribui para um aumento da estimulação aguda induzida pelo estresse do sistema nervoso simpático, resultando em desequilíbrio na bioquímica do sistema nervoso. Tais mudanças resultam numa resposta exagerada ao estresse, como evidenciada pela constrição dos vasos sanguíneos e níveis aumentados de pressão arterial.

Fatores moderadores, como redução do estresse via prática da técnica da Meditação Transcendental, têm um impacto no sistema nervoso simpático, resultando na redução da reatividade da pressão arterial ao estresse agudo. Com o tempo, em função da diminuição da reatividade cardiovascular a eventos agudos, há uma carga reduzida sobre o coração, resultando em níveis menores de pressão arterial, ajudando assim a prevenir o surgimento precoce da hipertensão.
Pesquisa Científica Relacionada

P: O que as pesquisas descobriram sobre o efeito da técnica da Meditação Transcendental na fisiologia?

Dr. Barnes: De acordo com um artigo de revisão feito pelo Dr. Jevning e seus colegas (Neuroscience and Biobehavioral Reviews, 1992), a experiência da Meditação Transcendental parece provocar um estado fisiológico caracterizado por uma resposta integrada hipometabólica de despertar. A pesquisa relatou um metabolismo reduzido dos músculos periféricos e das células vermelhas, assim como redução de secreção dos hormônios do estresse. Estas qualidades, consistentes com o repouso profundo, também foram medidas usando EEG. Além disso, foram relatadas descobertas de redução das taxas respiratórias, níveis de lactato no sangue e níveis de resistência da pele.

Em outras palavras, a técnica da Meditação Transcendental nos permite experimentar formas mais simples e aquietadas de consciência, reduzindo os níveis de hormônios do estresse. Os efeitos do estresse crônico nos níveis hormonais têm sido muito bem documentados. Efeitos agudos na secreção dos hormônios do estresse são consistentes com a ativação reduzida durante a meditação. Redução crônica deste nível de ativação também pode ocorrer. De acordo com a pesquisa científica, a prática regular da técnica da Meditação Transcendental apoia a redução na pressão arterial naqueles que têm pressão arterial alta.
Pesquisa Científica Relacionada

P: Quanto tempo é necessário meditar antes de sentir benefícios na pressão arterial?

Dr. Barnes: Os benefícios podem ser imediatos, mas como cada pessoa é diferente, não é possível prever exatamente quando vai diminuir a pressão arterial. Na maioria dos casos a pesquisa mostrou que dentro de 1 ou 2 meses há uma queda significativa na pressão arterial se esta era muito alta.
Pesquisa Científica Relacionada

P: A técnica da Meditação Transcendental funciona para todos?

Dr. Barnes: O programa de Meditação Transcendental funciona com todas as pessoas. Geralmente funciona logo na primeira vez, mas pode levar algum tempo para apresentar os benefícios. O estresse é geralmente associado à pressão arterial alta, e pressão arterial alta também é um fator de risco para doenças do coração. Praticar a técnica da Meditação Transcendental duas vezes ao dia pode reduzir a pressão arterial. Se praticar a Meditação Transcendental reduz o estresse e a pressão arterial alta, é possível que evite ou reduza as medicações.

Os médicos podem prescrever a técnica da Meditação Transcendental aos pacientes como um tratamento de primeira linha antes de prescrever drogas medicamentosas. Eles também podem prescrevê-la como tratamento auxiliar.
Pesquisa Científica Relacionada

P: Há um tempo definido no qual o paciente pode parar a medicação?

Dr. Barnes: Isto deve ser decidido pelo médico do paciente de acordo com certos critérios; por exemplo, a pressão arterial do paciente tenha alcançado níveis normais em pelo menos três ocasiões consecutivas. Os pacientes não devem decidir por si mesmos quando parar a medicação.
Pesquisa Científica Relacionada

P: Como será este tratamento aplicado no futuro?

Dr. Barnes: Há um grande potencial para os médicos prescrever o programa de Meditação Transcendental a seus pacientes, especialmente para aqueles que estão estressados ou sofrendo de distúrbios relacionados ao estresse. Esta técnica é considerada de máximo potencial para mudar a prática clínica da perspectiva do tratamento.
Pesquisa Científica Relacionada

Todo o conteúdo copyright © 2009 Maharishi Vedic Education Development Corporation. Todos os direitos reservados.
Por favor, veja detalhes legais com relação a copyright e proteção de marcas.